ACIU e autoridades de Ubatuba vão a São Paulo fazer reivindicações para a Segurança Pública de Ubatuba

No dia 02 de abril, terça-feira, o presidente da Associação Comercial de Ubatuba-ACIU Márcio Gonçalves Maciel juntamente com o presidente do Conselho Municipal de Segurança- CONSEG Fábio Isnard, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil- OAB Márcio Souza, a vice-presidente da OAB Juliana Rodrigues, o conselheiro Estadual da OAB Thiago Penha e o prefeito de Ubatuba Délcio José Sato estiveram em reunião na Secretaria de Segurança Pública do Estado com o secretário Executivo da Polícia Civil do Estado de São Paulo Youssef Abou Chahin, onde reivindicaram maior amparo na reposição do quadro de funcionários em Ubatuba, delegado, investigador e escrivão de Polícia, pois o último concurso público Estadual aconteceu há muitos anos, representando assim, uma grande defasagem por conta de aposentadorias, transferências e afastamentos deste profissionais. Um atual exemplo disso, foi que a Delegacia de Defesa da Mulher, só neste mês de março, tiveram duas aposentadorias deixando a repartição com somente três funcionários.Dra. Juliana, Dr. Márcio, prefeito Sato, secretário Youssef, Dr. Thiago, Fábio e Márcio

Na pauta geral sobre a Polícia Civil, o presidente do CONSEG apresentou os excelentes índices de produtividade da Polícia Civil de Ubatuba, deixando por vários anos a cidade em primeiro lugar entre as 39 cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, que mesmo com um quadro de funcionários desigual e reduzido perante a Resolução SSP nº 105 de 12/07/2013 – que dimensiona o número de policiais por perfil de cidade- Ubatuba vem mantendo bons índices. “Isso só foi possível pelo excelente entrosamento, otimismo e engajamento profissional e a cooperação sistêmica das demais forças de segurança pública do município, se não fosse assim, jamais conseguiríamos”, pontuou Isnard.
De acordo com as autoridades de Ubatuba, os crimes configurados como feminicídeo, precisam ser tratados na Delegacia de Defesa da Mulher em um primeiro momento por policiais femininos, e aqui em Ubatuba só conta com três policiais.
Outro ponto muito relevante que foi apontado pelo presidente da ACIU, é que praticamente em todos os fins de semana, Ubatuba recebe um número muito grande de turistas e com isso acabam ocorrendo distúrbios da ordem de segurança pública. Outra questão também levantada pelas autoridades presentes, foi que também ficou registrado que este ano Ubatuba teve um reforço para a Polícia Civil com prazo mais reduzido no Projeto Verão, onde nos outros anos, o efetivo de reforço ficava até o Carnaval, e neste ano foi atípico com reforço policial somente nos fins de semana e término na primeira quinzena de janeiro, deixando Ubatuba muito desamparada.
O secretário Estadual se comprometeu a analisar com atenção o ofício protocolado pelas três entidades CONSEG / ACIU / OAB dando a garantia que para o segundo semestre chamará novos policiais do último concurso realizado para contemplar Ubatuba. Ele afirmou ainda que todas as demais solicitações serão analisadas.
As autoridades de Ubatuba continuam trabalhando e estão atentas as causas da Segurança Pública no município.
Voltar

Mais Notícias

Contato




Gerência: aciu@bighost.com.br
Assessoria de Comunicação: imprensa@aciubatuba.com.br
Solicitação de impressão: impressoes@aciubatuba.com.br

© Copyright 2018 ACIU - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Hous 360